#PraCegoVer: Protesto nos EUA. Ao centro, pessoa usando óculos pretos, cabelo curto e com a bandeira do movimento trans; à direita, homem com camiseta preta; atrás, pessoas seguram cartazes com frases contrárias às políticas que o governo Trump quer implementar no país. Foto de Yana Paskova para o New York Times.

No dia 21/10, o New York Times publicou um memorando do Departamento de Saúde e Serviços Humanos dos EUA (HHS), propondo uma interpretação restrita do sexo sob o Título IX. De acordo com este esboço na política, as agências governamentais seriam obrigadas a “adotar uma definição específica e estrita de sexo como homem ou mulher, imutável e determinado pelos genitais com os quais uma pessoa nasce”, e que “qualquer disputa sobre o sexo teria que ser esclarecido por testes genéticos “.

Diante deste comunicado a IBM emitiu uma nota sobre nosso contínuo apoio à comunidade trans.

“A IBM acredita que ninguém deve ser discriminado por ser quem é. É por isso que apoiamos veementemente a aprovação do #EqualityAct, que garantiria que os indivíduos transgêneros recebam tratamento justo e igualitário sob a lei. Em nossas próprias políticas corporativas, a IBM protege funcionários contra a discriminação com base na identidade de gênero desde 2002, e continuaremos nossa liderança no fornecimento de apoio e benefícios para os funcionários transgêneros”.

Para ver o documento da IBM na íntegra, clique aqui.

Publicado em: 23/10/2018

SiteLock

Acessibilidade