Indicadores Ethos - Fórum LGBTI+: guia temático para a promoção dos direitos LGBTI+

Design sem nome (2).jpg

 

Os Indicadores Ethos-Fórum LGBTI+ são uma ferramenta de diagnóstico, planejamento e gestão que orienta as empresas a consolidar suas estratégias e práticas de promoção dos direitos LGBTI+. Com sua aplicação,

as executivas, os executivos,

os gestores e os demais interessados terão aprofundamento temático, diagnóstico do estágio de maturidade da empresa, análises comparativas e muito mais.

Por favor, forneça seu nome e e-mail para fazer o download do Guia:

O secretário executivo do Fórum de Empresas e Direitos LGBTI+, Reinaldo Bulgarelli, explica que, anteriormente, o assunto era tido como “assunto da vida privada”, e que hoje, é possível colocar o tema na mesa como um debate de cidadania. “O grande marco de avanço no país é a criação do Instituto Ethos, eu acompanhei tudo no comecinho. Isto trouxe para nós, do ambiente empresarial, o tema da diversidade e inclusão”, disse o secretário executivo, ressaltando a importância da participação do Instituto Ethos nessa agenda.

Toni Reis, diretor-presidente da Aliança Nacional LGBTI+, em sua fala, relembrou os preconceitos que a sociedade LGBTI+ sofre até os dias de hoje, e a necessidade de termos uma cadeia de cidadania e inclusão, sem discriminação de qualquer natureza.

 

“Nós já fomos tratados como pecadores, como doentes e como criminosos. Agora, o que nós queremos, é sermos cidadãos.” Toni Reis

 

A diretora-adjunta do Instituto Ethos, Ana Lucia Melo, comentou a importância de termos medidas e formas para garantir que as pessoas sejam quem elas são. Ana contou que se sente esperançosa de que o evento e o lançamento do Guia possam engajar mais empresas dentro da agenda de promoção dos direitos LGBTI+.

O Guia contou com a participação de vários especialistas que também deram os seus depoimentos em vídeos. Larissa Rocha, advogada especialista em Direito do Trabalho, disse que o Guia deve ser visto como um verdadeiro aliado das empresas, tanto para garantir um ambiente de trabalho equilibrado para os trabalhadores, como para promover os seus negócios de forma socialmente responsável. Adriana Galvão, advogada especialista em Direitos e Diversidade também fez um apelo para que as empresas comprometidas com os Direitos Humanos e Diversidades utilizem o Guia como norte para orientar as discussões de boas práticas nas relações de trabalho. A procuradora do trabalho do Ministério Público do Trabalho, Valdirene Assis, citou a importância de articular ações promocionais com o intuito de trazer conscientização e diálogo, de modo a apresentar para as pessoas sobre o que estão falando.

 

“Quando usamos esse conjunto de letras (LGBTI+), precisamos entender que atrás de cada letra existe um universo. Estamos falando de pessoas. Não existe um grupo, existem múltiplos grupos.” Valdirene Assis

 

Tenha acesso ao Guia

O Fórum convida todas as empresas para conhecerem o Guia, que servirá como parâmetro para o avanço da agenda de diversidade. Você ainda pode assistir o diálogo da live gravada no lançamento do Guia e os demais painéis da Conferência Ethos pelo canal do Instituto Ethos no YouTube.