• Signatárias

Visibilidade trans: novo protocolo CNJ facilita compreensão de agentes da justiça sobre o tema.


No dia 29 de janeiro comemora-se o dia Nacional da Visibilidade Trans. Clara Serva e Maria Paula Bonifácio, respectivamente sócia e advogada do escritório TozziniFreire Advogados (signatária o Fórum), publicaram artigo sobre ‘Visibilidade trans e o Protocolo do CNJ para Julgamento com Perspectiva de Gênero.’




As advogadas destacam a importância da atenção à violência baseada na identidade de gênero e do respeito às pessoas trans pelo sistema de Justiça.”


Para acessar a fonte do artigo na íntegra, acesse: Visibilidade trans - 19/01/2022 - Opinião - Folha (uol.com.br)


Ou leia aqui:



32 visualizações0 comentário