top of page

Encontro de gestores de diversidade, líderes de grupos de afinidade com Fórum LGBTI+ e Iniciativa Empresarial pela Igualdade Racial na WBD

Atualizado: 7 de jun.

O Fórum de Empresas e Direitos LGBTI+ promoveu na última sexta juntamente com a Iniciativa Empresarial pela Igualdade Racial na sede de São Paulo da Warner Bros. Discovery um encontro que teve como foco a interseccionalidade das questões raciais e LGBTI+ nos ambientes corporativos, discutindo os desafios, estratégias e iniciativas para promover a diversidade e a inclusão.


Incluía perspectivas de vários oradores representando diferentes organizações e os seus esforços para abordar estas questões. Nele contamos com a equipe da WBD trazendo as inovações que têm sido promovidas em seus pilares de D&I, políticas internas e posicionamento de mercado e trazendo também a importância e os desafios da representatividade e protagonismo em suas produções originais com o convidado Victor Liam, ator, trans, negro e periférico que protagonizou recentemente a série Da ponte pra lá.


Tivemos também Kaynã de Oliveira 🏳️‍🌈 (Intel Corporation), Melissa Cassimiro (Mais Diversidade) e Reinaldo Bulgarelli (Fórum LGBTI+) debatendo sobre: Acesso e ‘passabilidade’ de pessoas negras LGBTI+, trazendo pontos como a transição de pessoas trans. Também ouvimos boas práticas de interseccionalidade na Vivo (Telefônica Brasil) com Karen Pereir, Sérgio Marques e Sabrina Santos. 


Logo após iniciamos uma mesa de diálogo com Amanda Miranda (PwC), Luiz Henrique (Bradesco) e Raphael Vicente (Iniciativa Empresarial pela Igualdade Racial) sobre a otimização do trabalho dos grupos de afinidade, desenvolvendo assuntos como os objetivos, agenda , entregáveis (quais serão e período), impacto no negócio, levando em consideração os recortes, mensuração de resultados, etc...


A sessão foi concluída com o compromisso de pensar estrategicamente sobre diversidade e inclusão e utilizar de todas as trocas que foram feitas para aprimorar os projetos voltados para pessoas LGBTI+ negras dentro do mundo corporativo, se preocupando não só com a contratação, mas também com o desenvolvimento e especialmente com o acolhimento dentro do ambiente de trabalho.